fbpx

O movimento que faz o futuro! A 3C Plus celebra sua primeira década de existência! #3CPlus10anos 

Compartilhe

Best Time to Call: como este conceito pode potencializar a sua recuperação de crédito

5 minutos
Call Center
Best time to call

Em uma operação de call center, é muito importante ficar atento a alguns índices e métricas que apontam o desempenho da empresa, como o Best Time to Call. Este, quando bem utilizado, é uma estratégia fundamental para a operação, especialmente quando se trata de maximizar a eficácia da recuperação de crédito.

Neste artigo, explicamos como funciona este conceito e como utilizá-lo em sua operação para potencializar seus resultados:

O que é o Best Time to Call?

O conceito Best Time to Call, em sua tradução literal para o português, significa “melhor horário para ligar”, e consiste em identificar os momentos ideais para entrar em contato com os clientes devedores.

Conhecido também como BTC, ele é utilizado para aumentar as chances de uma conversa produtiva e alcançar resultados positivos em uma recuperação de crédito.

Para visualizar isto, imagine um cliente que trabalha em tempo integral durante o dia: ele estará ocupado e menos receptivo a ligações neste período, certo?

Porém, se o operador entrar em contato com ele em outro horário, haverá mais chances de uma conversa produtiva. Isso, também, auxiliará o seu time de atendimento a ter um bom desempenho com o First Call Resolution.

Aqui, vale lembrar que cada consumidor tem um perfil e uma rotina diferente, então nem sempre o mesmo horário será bom para todos. Além disso, ligar para o cliente em horários de lazer também não é indicado.

Lembre-se: contatar o cliente em um mau momento pode ser ruim para a sua empresa, mesmo que a intenção seja oferecer uma boa oportunidade.

Além disso, é essencial também utilizar o best time to call para falar com as pessoas no canal adequado. Afinal, existe diferença entre ligar para o telefone fixo, para o celular ou enviar um SMS ou e-mail, por exemplo.

Determinando o BTC

Para descobrir o best time to call, é preciso analisar dados e padrões comportamentais dos clientes. Para isso, é essencial possuir uma boa ferramenta de gestão de contatos, que conte com informações sobre as chamadas já realizadas por seus operadores.

Aqui, é importante analisar: o horário da chamada, se ela foi atendida ou não, qual a resposta do cliente (se foi negativa ou positiva), e se houve uma indicação de preferência de horário. Com base nestas informações, é possível ajustar a programação das chamadas a fim de otimizar os resultados.

Além disso, é fundamental adaptar a estratégia de acordo com o público-alvo da sua operação, personalizando as abordagens para atender às necessidades específicas de cada cliente.

Um bom exemplo disso seria segmentar os clientes devedores com base em seu perfil e criar perfis segmentados, ajustando os horários de contato de acordo com as preferências e disponibilidade de cada um.

Benefícios de estabelecer um Best Time to Call

É essencial que o contato com o cliente seja realizado em um momento em que ele tenha disponibilidade para conversar.

Pense comigo, se você liga para o cliente em um horário em que ele está ocupado, quais são as chances de ele aceitar sua proposta ou sequer te atender? Mínimas, né?

Colocando em prática

Para utilizar o best time to call da melhor forma, é preciso estar atento a algumas boas práticas:

Crie processos

Defina como seus operadores irão classificar e registrar as ligações realizadas. Aqui, pense nas respostas e nas ações a tomar de acordo com os contatos – uma boa dica é utilizar bons gatilhos mentais.

A partir disso, incentive seus colaboradores a alimentar sua ferramenta de gestão ou CRM para que as informações sejam sempre precisas.

Conte com o auxílio de boas ferramentas

O best time to call aumenta a produtividade dos seus operadores, e, para melhorar ainda mais este indicador, é importante contar com o auxílio de ferramentas que otimizem o tempo dos agentes.

Uma boa solução para isso é a discadora automática, que pode realizar chamadas de modo intuitivo, repassando as ligações ao agente somente quando houver um “alô” humano. Além disso, um bom discador ainda oferece diversos relatórios e métricas que auxiliarão na gestão da operação.

Higienize suas listas de contato

Para ter um best time to call que funcione bem, é essencial que seus mailings estejam limpos e organizados. Isso porque, listas sujas podem ter alguns números de telefone e e-mails desatualizados ou inválidos — o que afeta diretamente o andamento das suas campanhas.

Portanto, busque manter suas bases de contato limpas, retirando números que não atendem, não dão abertura para negociação, ou que não correspondem à pessoa certa. 

Agora que você conhece o conceito de Best Time to Call, sabe que ele possui um papel muito importante nas operações de call center, e pode potencializar o processo de recuperação de crédito.

Aumentando as taxas de sucesso nas ligações, esta estratégia prática pode fazer total diferença nos resultados alcançados por sua operação!

Veja também

Script de vendas
Mudanças da Anatel
Tela explicativa sobre como é a estrutura de um funil de vendas
plugins premium WordPress